BATALHA | CALDAS DA RAINHA | LEIRIA | MARINHA GRANDE | POMBAL | PORTO DE MÓS | OURÉM

Get Adobe Flash player

PUBLICAÇÕES CEPAE

Veja aqui as publicações do CEPAE. Conheça o catálogo, as coleções próprias e as apioadas por nós. (ver)

 

  LOGO_6.jpg

CONHEÇA A DIREÇÃO CEPAE 

Veja aqui quem são os novos membros da Direção do CEPAE para o biénio 2016-2018. (ver)

 

 

CONTRIBUTOS

Regularmente vamos promover neste espaço contributos de colaboradores nas áreas do património. (ver)

 

 

LOJA CEPAE

Veja a nossa oferta de publicações e encomenda online! Receba os nossos livros diretamente em sua casa. (ver)

 

Informamos que o CEPAE | Centro do Património da Estremadura estará encerrado amanhã, dia 17 de outubro.
Agradecemos a compreensão e informamos que no dia 20 de outubro o CEPAE estará aberto das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00.

No passado sábado, dia 24 de Setembro, no Moinho da Ordem, no Complexo Cultural da Levada em Tomar, o CEPAE apresentou mais uma das suas publicações sobre o património da região. Inserida nas jornadas Europeias do Património, a apresentação deu a conhecer a mais recente investigação de Miguel Portela, dedicada às “Reais Ferrarias de Tomar e Figueiró: das origens ao século XVII”. Para além da importância histórica do estudo, materializado em Livro com a chancela do CEPAE, trata-se de um exemplo de publicação que alude ao património industrial histórico, às infraestruturas, técnicas, tecnologias e comunidades humanas.

A sessão contou também com a presença de responsáveis da cultura do Município de Tomar que deram conta do investimento em reabilitação e musealização do Complexo da Levada de Tomar, e com Micael Sousa, presidente do CEPAE, que destacou os objetivos de trabalho da instituição, tendo em conta o alargar da área de influência territorial e as temáticas patrimoniais a trabalhar.

Ficou a promessa de nova apresentação, brevemente a realizar em Figueiró dos Vinhos. Assim, este estudo, tal como outros previstos pelo CEPAE, irá contribuir para o reforço da valorização de uma herança, identidade territorial e patrimónios únicos que distinguem a região.

tomar_mesa_1.jpgbancada_livros.jpgTomar_mesa.jpg

Ex.mos Senhores,

 

A Presidente da Câmara Municipal de Tomar e o Presidente do CEPAE | Centro do Património da Estremadura convidam V.ª Exa para o lançamento do 9 volume, da Coleção "Estremadura: Espaços e Memórias": «As Reais Ferrarias de Tomar e Figueiró - das origens ao século XVII», da autoria do Eng.º Miguel Portela, que se realiza no dia 24 de setembro de 2016, pelas 17h00, no Moinho da Ordem, Complexo Cultural da Levada de Tomar (Centro Histórico). O evento enquadra-se nas Jornadas Europeias do Património.

Convite_Ferrarias.jpg

 

Na passada quinta-feira, dia 8 de setembro, pelas 19h30, o Centro de Património da Estremadura (CEPAE), em parceria com a União de Freguesias de Monte Redondo e Carreira, apresentou mais um volume da sua coleção "Estremadura: Espaços e Memórias".
O livro, intitulado "Salinas da Junqueira, Património Natural e Cultural", foi apresentado durante o certame Fesmonte 2016 e contou com assistência de várias dezenas de pessoas, entre representantes de entidades locais e interessados no tema de investigação patrimonial em causa.

O mote da apresentação foi dado pela presidente da União de Freguesias de Monte Redondo, Céline Gaspar, que informou dos projetos e estudos a decorrer para salvaguardar e valorizar o património das Salinas. De seguida, o professor Mário Moutinho, proferiu um breve ensaio sobre o valor patrimonial das salinas e da sua história, tal como a relação com o caso importantíssimo e inovador Musei Etnográfico de Monte Redondo, sobejamente conhecido a nível nacional no âmbito da "Nova Museologia" e da ecomuseologia, que o palestrante ajudou a fundar.

O professor Jorge Carvalho Arroteia, em seu nome e dos restantes autores, Augusto Mota e João Moital, salientou a importância deste trabalho para o conhecimento do local e das muitas relações humanas qe se estabelecem com a comunidade local.

O presidente do CEPAE, Micael Sousa, agradeceu aos presentes o envolvimento da autarquia local, tal como dos autores, ao tornarem possível esta publicação, reforçando que é missão do CEPAE promover e desenvolver este tipo de trabalhos de registo e divulgação do património da Estremadura.

Raul Castro, Presidente da Câmara Municipal de Leiria, destacou a importância do património cultural e natural do concelho, parabenizando a iniciativa e dando conta dos esforços do município para a intervenção neste tipo de património seja sustentável, de modo a evitar investimentos que não persistam no tempo. Comunicou que o município está, em conjunto com a União de Freguesias, a estudar a viabilidade de recuperação das salinas através de um projeto integrado, estando neste momento em análise a qualidade e potencialidades das águas do local.

Por fim, João Moital apresentou uma performance teatral e multimédia sobre a memória das Salinas da Junqueira, recriando e aludindo às atividades inovadoras do ecomuseu e museu etnográfico de Monte Redondo, na sua estrita ligação com as Salinas da Junqueira.
Recordou-se o trabalho pioneiro de José Duarte Rolo Júnior, empreendedor e fundador da última exploração de sal na Junqueira.


CENTRO DE PATRIMÓNIO DA ESTREMADURA  

Copyright © 2014